No AR: Etnias

facebook.png
logo.png
logo.png

Notícias

Economia - 12/08/14 09:39:00
  • Exportação de vinhos engarrafados cresce 250% no primeiro semestre

  • A qualificação do setor vitivinícola brasileiro tanto em produtos, profissionalismo comercial e na construção de imagem, turbinada pela exposição do país durante a Copa do Mundo, resultou em ganhos recordes na exportação do vinho brasileiro engarrafado. O volume de exportações no primeiro semestre de 2014 inflou 257% em relação ao mesmo período do ano anterior. Até junho deste ano, o Brasil já exportou o equivalente a US$ 7,16 milhões em vinhos engarrafados e um total de 1,78 milhão de litros.
     
    Para efeito de comparação, em todo o ano passado, o resultado obtido com as vendas para o exterior foi de US$ 5,3 milhões com 1,5 milhão de litros. O volume exportado este ano também corresponde a 17% do total comercializado pelas empresas vinícolas, em vinhos finos engarrafados, no somatório dos mercados interno e externo. Para comparação, o mercado interno consumiu 8,71 milhões de litros dessa categoria de produto.
     
    Outro indicador destaque, é a valorização do preço médio obtido por litro exportado, que passou de US$ 3,36 para US$ 4,01, que representa um ganho próximo de 20%.
      
    No total, nos primeiros seis meses do ano, os vinhos brasileiros engarrafados foram exportados para 35 países, contra 32 do mesmo período de 2013. Os cinco países-alvo do Wines of Brasil – projeto de promoção dos vinhos brasileiros no Exterior executado pelo Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) com a Agência Brasileira de Promoção às Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) – estão entre os 10 principais destinos de exportação, sendo eles Reino Unido, Alemanha, Holanda, Estados Unidos e China/Hong Kong. Além da Bélgica, figuram entre os destinos de destaque Paraguai, Japão, Suíça e Colômbia.

    Fonte: Ibravin