No AR: Etnias

facebook.png
logo.png
logo.png

Notícias

Economia - 03/08/14 17:53:00
  • Empresas Randon divulgam nota lamentando cassação da flexibilização da jornada de trabalho

  • As Empresas Randon divulgaram uma nota afirmando que foram surpreendidas com a liminar da Justiça do Trabalho de Caxias do Sul, acatando o pedido do Sindicato dos Metalúrgicos para cassação da flexibilização da jornada de trabalho. A redução de até quatro dias por mês em agosto, setembro e outubro seria adotada pelas empresas, já na última sexta-feira (01/08), após ter sido aprovada em votação por maioria dos mais de oito mil funcionários da Randon Implementos (Caxias do Sul e São Paulo), Suspensys, Master, Castertech e JOST.

    Com a decisão, as Empresas Randon, mesmo não tendo condições de realizar seu expediente normal em função de terem sido citadas apenas na manhã desta sexta-feira, pagarão integralmente as horas não trabalhadas deste dia. Conforme as Empresas Randon, a medida judicial também inviabiliza a adoção do restante do regime de flexibilização, pois, apesar de abranger inicialmente apenas um dia, ela poderia ser estendida durante todo o prazo da proposta votada, o que, na prática, agravaria ainda mais a situação das empresas.

    A votação:
    · Randon Implementos Caxias do Sul - 86% dos votos aprovados
    · Randon São Paulo - 100% aprovado por aclamação
    · Suspensys - 87% dos votos aprovados
    · Castertech - 91% dos votos aprovados
    · Master - 85% dos votos aprovados
    · JOST Brasil - 78% dos votos aprovados
    A proposta: 
    Flexibilizar a jornada de trabalho pelo prazo de três meses, com início em agosto de 2014 e término em outubro de 2014, não trabalhando até quatro dias por mês, sendo que 50% das horas não trabalhadas serão abonadas e 50% descontadas, sem prejuízo no descanso semanal remunerado, férias, décimo-terceiro salário e PPR (Programa de Participação os Resultados).

    Foto: Transporta Brasil