No AR: Livre

facebook.png
logo.png
logo.png

Notícias

Segurança - 29/08/17 14:02:00
  • Polícia Federal prende um dos maiores fornecedores de Cocaína de Caxias

  • A Polícia Federal, através da Delegacia de Repressão ao Tráfico, desarticulou uma das maiores quadrilhas de fornecimento de cocaína em Caxias do Sul e da Serra Gaúcha, com ramificações em Ponta Porã (MS) e Assunção, no Paraguai. A Operação Coroa deflagrada na manhã desta terça-feira (29/08), cumpriu sete mandados de prisão e nove de busca e apreensão. Em Caxias do Sul foram dois mandados de busca e dois de prisão. A droga vinha do Paraguai e era transportada em veículos, na maioria das vezes, de passeio. Em uma das rotas mais frequentes, pela BR-470, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Bento Gonçalves prendeu um homem de 32 anos com 80 quilos de pasta base de cocaína no final de março, o homem também foi alvo desta operação. A quadrilha comprava a cocaína de Jarvis Chimenez Pavão, narcotraficante brasileiro conhecido como “barão da droga”, preso em Assunção. Ele deve ser extraditado ao Brasil em dezembro. O entorpecente era comercializado na Serra Gaúcha e estima-se que o lucro obtido pelos criminosos girava em torno de meio milhão de reais por carga transportada. De acordo com o delegado Roger Soares Cardoso, esta quadrilha é uma das maiores com base em Caxias e que infiltrava drogas na cidade. Na operação foram apreendidas duas pistolas, diversas munições de diferentes calibres, grande quantidade em dinheiro, uma máquina para contagem de cédulas e uma coroa avaliada em torno de R$20 mil. O principal investigado tem uma mania de gostar de coroa, com tatuagens e ter uma em casa, no bairro Pioneiro. O objeto, que deu nome à operação, foi confeccionado sob encomenda em Buenos Aires, na Argentina.
    Foto Maicon Rech