No AR: Livre

facebook.png
logo.png
logo.png

Notícias

Política - 29/08/17 13:42:00
  • Fica para Terça-Feira a votação de admissibilidade do pedido de impeachment contra o prefeito

  • O vereador Adiló Didomenico solicitou o adiamento sobre a solicitação do advogado João Manganelli neto.
    Os vereadores vão decidir se aceitam a denúncia com o pedido de impeachment do prefeito Daniel Guerra, formulado pelo Bacharel em Direito João Manganelli Neto, na semana que vem. Na sessão da Câmara de Vereadores desta terça-feira (29/0/), o vereador Adiló Didomenico (PTB) pediu vistas ao projeto e a sugestão foi aceita pela maioria do legislativo. Com isso, a matéria só será votada na semana que vem.
    Na discussão, Adiló antecipou ser favorável à aceitação da denúncia, que abriria uma comissão processante para analisar o impeachment (impedimento) ou não de Guerra. Mesmo assim, o petebista ponderou que, pelo volume do documento e pela complexidade do tema, o prazo de cinco dias se faz necessário, para análises dos vereadores. “Quando a matéria retornar ao plenário, semana que vem, será a favor da admissibilidade. Só aceitando o processo é que poderemos examinar se houve ou não alguma irregularidade. Então, precisaremos aguardar pelo futuro parecer da comissão processante, se for o caso”, explicou.
    A Lei Orgânica do Município prevê que, caso a denúncia seja aceita, o prefeito seja imediatamente afastado e uma comissão seja criada para averiguar a denúncia. Foto Maicon Rech