No AR: Livre

facebook.png
logo.png
logo.png

Notícias

Saúde - 10/12/15 15:54:00
  • Secretaria da Saúde pede compreensão da população para com os agentes de endemia

  • A Secretaria Municipal da Saúde pede à população mais compreensão para facilitar o acesso dos agentes de endemia e fiscais da Vigilância Ambiental no combate ao mosquito Aedes aegypti, o mesmo que transmite a Dengue, o Zika vírus a febre Chikungunya.
     De acordo com o coordenador da Vigilância Ambiental, Julinho Santini, os agentes estão encontrando muitas dificuldades em acessar as residencias para o trabalho preventivo. Segundo ele, o índice de negação ao trabalho dos agentes gira em torno de 40% das residências.
     Na última semana, o Ministério da Saúde emitiu um alerta para que os municípios fiquem vigilantes aos casos de infecção pelo Zika vírus, transmitido pelo mosquito Aedes aegypti, após a confirmação da relação entre o vírus e o surto de microcefalia na região Nordeste.
     O trabalho dos agentes de endemia consiste na orientação aos moradores sobre os possíveis criadores dos mosquitos que podem ser eliminados. Eles trabalham na delimitação quando se encontra algum foco do mosquito (mosquito adulto ou larva), na realização do levantamento, na eliminação e no tratamento dos criadouros.
     O uniforme utilizado pelos agentes de endemias do Município é composto por um colete de cor verde militar, que na parte da frente está escrito “Secretaria Municipal da Saúde” e “Vigilância em Saúde” e na parte de trás está escrito “Prefeitura Municipal de Caxias do Sul”, “Secretaria Municipal da Saúde”, além de crachá funcional, de cor azul, assinado pelo Prefeito Municipal ou também uma camiseta cinza do programa de prevenção à Dengue.
     Para combater, a iniciativa é simples, e só depende de você:

    - Não deixe água acumulada sob qualquer recipiente;
    - Vire todas as garrafas com a boca para baixo, evitando o acúmulo de água dentro delas;
    - Feche bem o saco de lixo e deixe-o fora do alcance de animais;
    - Remova folhas, galhos e tudo que possa impedir a água de correr pelas calhas;
    - Mantenha a caixa d'água bem fechada;
    - Coloque no lixo todo objeto não utilizado que possa acumular água;
    - Mantenha bem tampados tonéis e barris d'água;
    - Troque a água dos vasos de plantas aquáticas e lave-os com escova, água e sabão uma vez;
    - Encha de areia até a borda os pratos das plantas ou lave-os semanalmente com escova;
    - Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira bem fechada;
    - Lave semanalmente por dentro com escova e sabão os tanques utilizados para armazenar água;
    - Lave por dentro com escova e sabão os utensílios usados para guardar água
    em casa.
    Foto: Laís Mattioda