facebook.png
logo.png
logo.png

Notícias

Trabalho - 12/11/15 14:30:00
  • Sindicato dos Metalúrgicos avalia saúde do trabalhador em seminário

  • No II Seminário “Meu Trabalho Está Me Enlouquecendo”, realizado nesta quarta-feira (11), na Universidade de Caxias do Sul, o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Assis Melo, falou sobre as exigências que os trabalhadores enfrentam no dia a dia. “O trabalhador é cada vez mais exigido. Somos obrigados a produzir muito mais em menos tempo. A consequência disso é que temos menos tempo para cuidar da nossa própria saúde”, alertou.
    A coordenadora do evento e psicóloga do Cerest Serra, Nilza de Zorzi, ressaltou a questão cultural do trabalho na região da Serra Gaúcha. “Aprendemos que só seremos valorizados se produzirmos”. Devido a esse sentimento, muitos trabalhadores sofrem e permanecem em silêncio. “As pessoas precisam confiar na empresa e sentir que podem dirigir-se ao seu líder e dizer que estão sofrendo e precisam de ajuda, com garantia que não serão demitidas ou sofrerão assédio moral.  As empresas devem se preocupar com a qualidade de vida do trabalhador. Todos nós queremos nos sentir bem no trabalho. Temos que criar políticas públicas de saúde mental”, conclui a psicóloga.
    O evento foi promovido pelo Sindicato dos Metalúrgicos, CEREST Serra e Conselho Regional de Psicologia do Rio Grande do Sul.