No AR: Etnias

facebook.png
logo.png
logo.png

Notícias

Economia - 05/11/15 15:03:00
  • Promover o planejamento financeiro evita o descompasso econômico

  • Realizar um bom planejamento financeiro para não perder o controle das contas e ficar no vermelho é um caminho importante a ser seguido por todos. O consultor de economia da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul (FCDL-RS), Eduardo Starosta, dá dicas fundamentais para quem deseja e precisa ter seu orçamento equalizado. 
    Para quem não gosta de trabalhar com planilhas de Excel, Starosta sugere o uso de aplicativos que auxiliam no controle das finanças. Segundo ele, antes de tudo, qualquer pessoa deve pensar de maneira sistemática o que deseja para a própria vida, elencando as necessidades do dia-a-dia, os sonhos de consumo mais imediatos e de longo prazo e a necessidade de poupança para emergências.
    Tudo isso, envolve o dinheiro a ser ganho. Colocando isso no papel, ou em uma planilha, é provável que nos deparemos com a velha história do cobertor curto: o que ganhamos não dá para tudo o que queremos. Aí é que fica escancarada a necessidade de planejamento financeiro pessoal.
    “Se o custo com gastos mais essenciais como moradia, alimentação em casa, educação, saúde e transporte for maior do que os ganhos, a pessoa está com um problema sério. Vai precisar promover uma redução de gastos onde for possível, mesmo que tenha que reduzir seu padrão de vida. E, se possível, buscar formas de aumentas os rendimentos”, afirma Eduardo. 

    Outra dica importante é procurar não ficar devendo, pois ter dívidas, especialmente com cheque especial e cartões de crédito é praticamente sinônimo de bagunçar por completo a vida pessoal. 

    Os aplicativos que facilitam a vida de quem deseja se organizar financeiramente são similares entre si. Os Apps gratuitos mais baixados para o sistema Android são o Minhas Contas 2 (de Jorge Rodrigues); o Gerente de Despesa (da Money Tower); GuiaBolso Controle Financeiro (da GuiaBolso). Eles são funcionais e permitem controlar as contas do dia a dia, a entender o orçamento familiar e a promover o planejamento financeiro.