facebook.png
logo.png
logo.png

Notícias

Saúde - 12/08/15 17:04:00
  • Calor fora de época requer atenção contra a dengue

  • Ainda faltam 42 dias para o início da estação mais colorida do ano. No dia 23 de setembro, Caxias fica mais florida com a chegada da primavera, preparando as pessoas para o verão.
    Nestes dias de inverno, as altas temperaturas fizeram com que as pessoas saíssem de casa com roupas mais leves, como camisetas e vestidos.
    Mas a população deve ter um cuidado muito especial com este clima agradável que está predominando nos últimos dias: o aumento da reprodução do mosquito da dengue na cidade. As altas temperaturas facilitam a reprodução do Aedes Aegypti (mosquito transmissor da doença), já que a doença é típica do verão, e temperatura ideal para a proliferação é entre 25°C e 28°C.
    Estes cuidados devem ser tomados pela população em geral, mesmo que a Vigilância Ambiental esteja visitando residências e acompanhando os pontos de foco, além das campanhas de conscientização sobre a doença e monitoramentos do inseto.
    As pessoas devem evitar deixar água parada em suas casas, prevenindo o aparecimento de larva do mosquito. Mesmo que o frio do inverno apareça, o mosquito pode transmitir a doença, pois seus ovos resistem a longos períodos gélidos e para a larva eclodir, basta que o ovo entre em contato com a água novamente.
    SAIBA COMO COMBATER A DOENÇA:
    - Não deixe água acumulada;
    - Vire todas as garrafas com a boca para baixo, evitando o acúmulo de água dentro delas;
    - Feche bem o saco de lixo e deixe-o fora do alcance de animais;
    - Remova folhas, galhos e tudo que possa impedir a água de correr pelas calhas;
    - Mantenha a caixa d'água bem fechada;
    - Coloque no lixo todo objeto não utilizado que possa acumular água;
    - Mantenha bem tampados tonéis e barris d'água;
    - Troque a água dos vasos de plantas aquáticas e lave-os com escova, água e sabão uma vez;
    - Coloque areia até a borda os pratos das plantas ou lave-os semanalmente com escova;
    - Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira bem fechada;
    - Lave semanalmente por dentro com escova e sabão os tanques utilizados para armazenar água;
    - Lave por dentro com escova e sabão os utensílios usados para guardar água em casa.
    O sintoma da doença é muito vasto, a pessoa picada pelo mosquito apresenta desde uma febre sem especificação, até quadros graves como hemorragias, choques e algumas vezes até a morte.
    O mosquito, que mede menos de um centímetro, tem cor de café ou preta com listras brancas, costuma picar nas primeiras horas da manhã e nas últimas horas da tarde, sempre evitando o sol forte.
    Foto: Laís Mattioda