No AR: Etnias

facebook.png
logo.png
logo.png

Notícias

Economia - 16/12/14 16:47:00
  • Consumidores devem estar atentos na hora das compras de Natal

  • A época que mais movimenta o comércio já está aí. O Natal representa, para os lojistas, um aumento de vendas. As dicas para melhor informar os consumidores vem do Procon Caxias.

    ·         A PESQUISA é essencial: como o comércio está proposto a vender mais, o consumidor deve aproveitar para escolher bem entre uma loja e outra. É importante lembrar, também, que trocas de produtos por diferenciação de cor, tamanho ou outro motivo que não seja defeito de fábrica, não cabe como dever do lojista, então informe-se sobre as políticas de troca do estabelecimento e de preferência peça para que essa informação seja entregue por escrito.

    ·         BRINQUEDOS para as crianças: é necessário ter alguns cuidados na hora da compra de brinquedos, dando atenção a faixa etária recomendada, e se o produto tem o selo do Inmetro que deixa claro a qualidade do produto.

    ·         Não compre PRODUTOS PIRATAS: esses produtos podem trazer riscos à saúde e segurança de quem irá recebê-lo de presente. Além disso, a busca pelos direitos do consumidor é mais difícil nesses casos.

    ·         ELETROELETRÔNICOS estão em alta: o cuidado com esses produtos deve ser tomado também na hora da compra. É importante testá-lo na loja e verificar se a voltagem do produto é compatível com a do lugar onde será instalado. O manual de instruções e o termo de garantia devem estar em português.

    ·         Na hora do PAGAMENTO: o melhor sempre é optar pelo pagamento à vista, mas caso o parcelamento da compra seja inevitável, o consumidor deve estar atento aos juros cobrados.

    ·         CRÉDITO ou DÉBITO? Parcelamentos no cartão de crédito podem sofrer juros, por isso muitas vezes o preço do produto será o mesmo que a prazo. As lojas não podem estipular valor mínimo para pagamentos no cartão de crédito. Compras no cartão de débito (ou crédito em uma parcela) correspondem a compras à vista, então o consumidor não deve pagar a mais por isso.

    ·         NOTA FISCAL: ela é um documento importante para requerer os direitos do consumidor, então não esqueça de exigi-la antes de sair da loja.